você vem em julho

ah, a vida que eu dividi neste blog!
foram tantos medos, tantas incertezas. angústias da adolescência, saudade de quem não pode mais estar perto e de quem nunca deveria estado. este blog é quase um autorretrato, acho até que o é, ainda mais fiel do que aqueles que tiro com os colegas em festas. muito mais fidedigno! vou rezar, blogspot, para que tumblrs, facebooks e whatsapps não te tirem nunca do ar, para que você permaneça assim, pobrinho com poucos visitantes ou até mesmo nenhum. aqui tenho meu diário de anne frank, aqui estão minhas partes para a posteridade. e eu já sabia disso mesmo antes de saber. 

sabe o que eu escrevi aqui no dia 23 de novembro de 2007, no auge de meus dezessete? "Por isso apareci por aqui, pra dar vazão às minhas loucuras, mesmo sem entendê-las. Vou tentar aqui, me construir sem perceber e curtir minhas inconstâncias e antíteses." eu me cumpri. cumpri com minha promessa e já demonstrava ali, no meio de tantas confusões adolescentes, minha vontade de escrever tudo em letra minúscula, seguindo o ritmo do meu pensamento. eu nem tinha lido Saramago - este, sempre com maiúscula. meus capítulos estão aqui. minha história. a construção de quem eu sou, mesmo quando eu não sabia que estava colocando mais argamassa e tijolo, mesmo quando não sabia que estava erguendo (ou destruindo) muros. sobretudo, por aqui vai todo meu amor. 

e então hoje, no meu último post até agora, com 28, marido voltando do trabalho e irmã e pais me esperando pra jantar na mesma casa que escrevi as primeiras linhas desse blog, meus marcadores são diferentes. há onze anos foram:  blog, começo, ex, vestibular. foi antes ainda de eu abrir os marcadores definitivos que se tornaram amor (43) desabafo(24) devaneios (32)ele (10) lá dentro (35)letra e som (9) memórias  e (21)observando. hoje, aqui, eu abro o maior de todos. meu coração fora do peito, a concretização da pureza da vida, a realização de todos meus sonhos, o meu capítulo mais bonito que virá a justificar todos os anteriores e significar cada um dos próximos. seja bem vinda ao meu blog, minha filha (1)


Comentários

Erica de Paula disse…
Ah...Deus abençoe você e a sua filha! Eu te leio há tanto tempo e nunca comentei. Mas sei bem o que a chegada de um filho faz com nossa rotina. Inclusive eu comecei um blog para falar sobre antes mesmo de engravidar, de fato. Tá um pouco largado agora, porque a vida vida de cabeça para baixo, convidei outras mães para postarem comigo...inclusive você seria super bem vinda, estou pensando em reativar.

https://ladommae.blogspot.com.br/

esse é o blog!

Voltarei! Imensamente feliz por você!
Letícia Costa disse…
Chorei tanto que vou precisar de um tempo pra me recuperar!

Que dom, minha irmã! Que Deus te dê muita saúde e inspiração pra continuar escrevendo tanta coisa linda.

Te amo! Vem, princesa da tia!

Postagens mais visitadas