anunciação

lá no fundo
bem no fundo
onde nem eu sei bem onde fica
mora resquício de uma vida que foi.
a única que eu conhecia
e que eu achava que iria conhecer.

lá no fundo
bem no fundo mesmo
é escuro
empoeirado
abandonado
mas tem um abajur e uma bituca de cigarro
e quando eu puxo a cordinha
pra minha surpresa
ele ainda acende
e eu olho todo aquele filme que se passa
ao meu redor
como se fosse de outra pessoa,
mas eu sei que é meu. e só meu.

e lá no fundo, bem no fundo mesmo
quando estou prestes a puxar  a cordinha de novo
e apagar tudo
tem uma caixinha de música
eu odeio caixinhas de música
elas sempre antecedem o medo
mas ainda assim
que diabo
eu abro
e vejo a bailarina girando
ouvindo a música do alceu valença.

não faz sentido nenhum
eu sei.
e por isso eu fecho os olhos.
e acordo aqui.
ufa.
estou aqui.

Comentários

Postagens mais visitadas