desconstrução

 


Quem um dia já teve
O que chamam aí de
Depressão
Sabe o que é conviver com o medo
Que nasce
Da dúvida
Do pode ser que...
Da indecisão

Quem um dia já teve
Aquele nó na garganta
Não te conta
Que teve
Mas inveja
O fato de você não
Saber
O que é
E aí, a verdade é que você também não contou
Que sentiu algo parecido
Verão passado
Ninguém conta
Pouca gente grita
E quase ninguém decifra
O silêncio

A vida lá fora pode parecer
Convite
Ou
Forca
Assim mesmo, sem o cedilha
Pra quem já teve
Esse negócio
Disseram que é diferente
Depressão
Ansiedade
Pra mim
É tudo farinha
Do mesmo saco
Odor ruim
Da mesma merda
Sintoma aparente da mesma
Doença

Que é querer ser
Diferente do que se é
Que é querer fazer
Algo diferente do que se faz
Que é querer apagar
A vida como ela tá
"Mas calma, ela está tão boa"
Dizem as pessoas
Que querem ajudar
E é por isso que você não fala para mais ninguém
Porque não tá
E se tem uma coisa pior que a depressão
É colocar faixa de ingratidão
E tantas vezes elas parecem a mesma coisa

Mas não são
Não se deixa enganar
Aproveita essa oportunidade
Pra se ouvir
Não só escutar
Arranja forças
Pra mudar
O que não está bom
A gente quebra tudo
Numa casa
Quando quer construir
Quebra mesmo
Quebra sem dó
Faz levantar o pó
Da desconstrução
De si
Cavuca, fuça
Até encontrar
Quem você ainda não é
Mas quer.

Comentários

Postagens mais visitadas